Como funciona a prova de vida exigida pelo INSS?

Este é um procedimento exigido anualmente pelo INSS desde 2012 para que os aposentados e pensionistas comprovem que estão vivos e, assim, possam continuar recebendo seus benefícios previdenciários.

Para quem a prova de vida é necessária?

Todos os aposentados e pensionistas que recebam benefícios em conta corrente, poupança ou cartão.


Quando devo fazer a comprovação de vida?

A Comprovação de Vida deve ser preenchida anualmente, incluindo o mês de vencimento de cada beneficiário. Apesar de o procedimento ter sido suspenso devido à COVID-19, o calendário do INSS foi retomado e voltou a ser obrigatório em junho de 2021.


O que ocorre se eu não fizer a prova de vida?

Você pode ter seu benefício do INSS suspenso ou bloqueado. Assim, se por algum motivo você não conseguiu cumprir o prazo da prova de vida, deve solicitar a reativação do benefício através do site ou aplicativo do INSS, na aba meu requerimento, por meio da apresentação de documentos cadastrados e comprovante de residência.

Após concluir o procedimento por meio do aplicativo ou do site, você deve se dirigir ao banco onde receberá o benefício.


Uma pessoa pode fazer a comprovação morando em qualquer estado do país?

Sim, mas isso só se aplica a quem tem dados biométricos registrados no banco. As pessoas que não o possuem devem cumprir o regulamento de atendimento do banco que mantém o benefício, pois alguns podem exigir que o comprovante seja emitido diretamente na agência do segurado, de forma presencial.


O que fazer se você teve seu benefício bloqueado?

Deve ser feita a prova de vida. Caso o benefício não seja reativado automaticamente e os pagamentos não sejam normalizados, o segurado deve apresentar o pedido de reativação ao INSS. Se ainda não houver pagamento, recomenda-se que você procure um advogado especializado em previdência social para que ele possa agir e resguardar seu direito de recebimento do benefício.


Como funciona a Prova de Vida para quem mora no exterior?

Os residentes no exterior podem apresentar comprovante de vida no consulado brasileiro de seu país de residência ou por meio de seu representante nomeado no Brasil.


Preciso realizar a prova de vida para o INSS durante a pandemia COVID-19?

A pandemia de coronavírus fez todos mudarem seu modo de vida. Mesmo uma simples ida ao banco exige muito cuidado para que o pior não aconteça e com as medidas de isolamento social que iniciaram em março de 2020, o INSS suspendeu esta prova até meados de setembro do mesmo ano. Em junho do ano corrente ela foi retomada.


Quem pode fazer procuração para a prova de vida?

Nem todos os aposentados podem fazer a prova de vida por procuração. Conforme estabelecido no Regulamento nº. 810 INSS está claro: você deve ter no mínimo 60 anos para isso. Antes da pandemia, o procurador precisava ser cadastrado no INSS para comprovação de vida, agora esse pré-cadastro não é mais necessário, basta outorgar procuração.

Além da procuração, é necessário apresentar seu documento de identidade e da pessoa que o representará.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quando o empregado pode tirar férias?

Se você está no seu trabalho há 12 meses, já pode solicitar as suas tão almejadas férias. Mas, importante destacar que, caso você não queira